UPA está equipada, porém ainda não há data para inauguração.

Por Daniela Trombeta Dias

http://www.ojornaldesantafedosul.com.br/materia3.jpgA construção do prédio da UPA-Unidade de Pronto Atendimento-, que fica na rua 14, entre as ruas 1 e João Batista Guimarães, em um terreno de cerca de 1.400 metros quadrados, começou em 2011 e, em maio de 2012 o prédio já estava pronto, porém, devido a espera por um repasse do Governo Federal no valor de R$ 350.000,00 para a compra dos equipamentos, a previsão de inauguração da Unidade, que era para março deste ano, não se concretizou.

Agora, segundo o prefeito Toninho Favaleça, a UPA já recebeu a verba e os equipamentos já estão sendo instalados no local. O valor total dos equipamentos foi de R$ 450.000,00, sendo que 350 mil vieram do Governo Federal e 100 mil de recursos próprios da Prefeitura.

“Mesmo com equipamentos comprados e sendo instalados, ainda não temos uma previsão para a data da inauguração, devido ao fato de que precisamos entrar em contato com os prefeitos eleitos da região que fazem parte do Consórcio Intermunicipal de Saúde para definirmos como vamos proceder quanto aos detalhes, como as verbas repassadas de cada Prefeitura”, informou representante da prefeitura.

A UPA contará com salas de urgência, radiologia, eletrocardiograma, medicação, inalação, exames diversos, observação, diagnóstico e de terapia, apoio técnico e logístico para transporte de pacientes na cidade e para hospitais de referência, além de ambiente administrativo, e oferecerá serviço ininterrupto 24 horas, podendo ser considerado um mini-hospital com atendimento avançado.

O município receberá R$ 100.000,00 por mês para a manutenção do local, porém estima-se que a UPA custará mensalmente 400 mil reais para funcionar.
A Unidade vai ser gerenciada pela administração da Santa Casa de Misericórdia, sendo o Pronto Socorro desativado após a inauguração da mesma. Ela atenderá a população de Santa Fé, Três Fronteiras, Santa Rita D’Oeste, Santa Clara D’Oeste, Nova Canaã Paulista, Rubineia, Santa Albertina e Santana da Ponte Pensa.

No total foram investidos R$ 1,4 milhões de reais para a instalação da Unidade.

https://lh5.googleusercontent.com/-YM4jyG7PkkI/T3hihan_jfI/AAAAAAAAG-M/EHBKXwp-OXU/s127/Fonte%2520noticias4.JPG

Bookmark and Share