UPA deve ser inaugurada em janeiro.

Vários fatores impedem que atendimentos comecem no local.

Por Daniela Trombeta Dias

A UPA - Unidade de Pronto Atendimento -, de Santa Fé, situada na rua 14, entre a rua 1 e Rua São João Batista Guimarães, em um terreno de 1.437,32 metros quadrados, deverá ser inaugurada em janeiro do ano que vem. A informação é dos integrantes do Consagra – Consagra-Consórcio Público Intermunicipal de Saúde dos Grandes Lagos-, tendo como presidente, o prefeito de Santa Fé do Sul; vice-presidente, Flávio Luiz Renda de Oliveira (prefeito de Três Fronteiras); secretário, Silvano Cezar Moreira (prefeito de Nova Canaã Paulista); diretor financeiro, Walter Muller (prefeito de Santa Rita D’Oeste); diretor de patrimônio, Claudiomar Furoni Sanches (prefeito de Santa Clara D’Oeste); suplente, Clevoci Cardoso (prefeita de Rubineia).

Segundo um levantamento feito pela diretoria, a estimativa de custo operacional da UPA é de R$ 170 mil, por isso, é provável que os municípios tenham que repassar mais recursos para o Consagra, até que a UPA seja habilitada e credenciada pelos Ministério da Saúde e receba os recursos federais.

Consta ainda que o Consagra não está autorizado a convocar os aprovados para realizar os atendimentos na unidade, até que seja  analisada uma representação que denunciou possíveis falhas na aplicação da prova para o cargo de enfermeiro, e na  divulgação da lista de classificados.

A UPA de Santa Fé do Sul ficou pronta em 28 de dezembro de 2012, a UPA contará com salas de urgência, radiologia, eletrocardiograma, medicação, inalação, exames diversos, observação, diagnóstico e de terapia, apoio técnico e logístico para transporte de pacientes na cidade e para hospitais de referência, além de ambiente administrativo, e oferecerá serviço ininterrupto 24 horas, podendo ser considerado um mini-hospital com atendimento avançado.

Bookmark and Share