TCE aprova a 7ª prestação de contas de Favaleça.

Como não poderia ser diferente, a Câmara Municipal da Estância Turística de Santa Fé do Sul aprovou na penúltima sessão extraordinária de 2013, no mês de dezembro, mais uma prestação de contas da gestão do prefeito Toninho Favaleça.

Desta vez foi analisado o exercício financeiro referente ao ano de 2011. Os vereadores seguiram o posicionamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE) de São Paulo, que havia emitido parecer prévio pela aprovação das contas do terceiro ano do segundo mandato do ex-prefeito Favaleça.

Toninho Favaleça governou o município de Santa Fé do Sul no período de 2009 a 2012. Com a decisão dos vereadores, por unanimidade, nesta sexta-feira, Nunes teve a prestação de contas aprovada.

Antes, em 2011, a Câmara confirmou a análise do TCE e aprovou a prestação de contas do exercício de 2009 e 2010. Falta ainda a avaliação do ano de 2012. Está foi à sétima conta aprovada pelo TCE e pela Câmara Municipal. Favaleça também foi prefeito da cidade no período de 97/2000, cujas contas também foram todas aprovadas.

O TCE atestou que o município Santa Fé do Sul, pelo gestor Antonio Carlos Favaleça, cumpriu em 2011 todas as formalidades e normas exigidas no que tange aos índices e limites constitucionais e legais; como na educação, aplicando acima de 25% da receita base de cálculo na manutenção e desenvolvimento do ensino, sendo que a Constituição Federal estabelece o mínimo de 25%.

Na Saúde, a administração de Favaleça, em 2011, o índice de acima de 18% ante o mínimo de 15%, e não extrapolou os limites de 54% com a folha de pagamento.

Para o ex-prefeito, a aprovação das contas pela Câmara, por, “é a comprovação de um trabalho sério o que demonstra que aplicamos os recursos públicos com seriedade e transparência”.

Favaleça que aguarda a aprovação da sua ultima conta, que deve acontecer neste ano de 2014, agradeceu aos vereadores que aprovaram o parecer do TCE, mas já adiantou que não pretende voltar a concorrer ao executivo de Santa Fé do Sul. “Já dei a minha contribuição ao município” concluiu Favaleça.

Bookmark and Share