Pedreiro que matou esposa é procurado em todo o Brasil.

http://www.ojornaldesantafedosul.com.br/mat9.jpgAinda não há pistas do paradeiro do pedreiro Paulo Zeferino da Silva, de 61 anos, que é o principal suspeito do assassinato de Patrícia Costa Moreita, de 38 anos, vendedora ambulante, que era sua convivente.

Patrícia foi encontrada morta por sua filha Tainana, de 17 anos, em sua residência, situada na Rua Perimetral Oeste, no Córrego da Mula, na quinta-feira da semana passada, dia 17, por volta das 12:00 horas, com diversas perfurações pelo corpo.

Às autoridades, Tainara contou que o padrasto era violento e já tinha ameaçado sua mãe de morte várias vezes, razão pela qual a alertou e pediu que fizesse um Boletim de Ocorrência, porém Patrícia não o fez.

A reportagem falou com o delegado de polícia Gervásio Fávaro, responsável pelo caso, e, segundo ele, um irmão de Patrícia também havia tentado alertá-la quanto às más intenções de Paulo Zeferino.

Gervásio informou ainda que, segundo consta, na terça-feira, Paulo Zeferino havia ido à casa de Geni, que era uma companheira de trabalho de Patrícia, dizendo que iria matar a esposa e na quinta-feira, como assim o fez.

No dia do ocorrido, Geni telefonou para o celular de Patrícia, mas foi Paulo Zeferino que atendeu. Uma hora depois também via fone, ele disse à Geni que tinha matado Patrícia.

“No dia do fato, a polícia efetuou várias diligências, porém não encontramos o acusado na cidade. Agora já pedimos a prisão temporária dele, instauramos inquérito administrativo e enviamos mensagem para toda a rede da Polícia Civil com informações e fotos”, informou o delegado.

Além da filha Tainara, Patrícia também deixou o filho Tiago, de 19 anos.

Veículo localizado

O carro de Patrícia, um Gol, placas DFU 4140, com o qual Paulo Zeferino fugiu, foi encontrado na Rua Sírio Libanesa, no bairro Sinibaldi, em São José do Rio Preto, na segunda-feira, 21, pela manhã.

“Como já tínhamos passado também os dados do carro, assim que os policiais o encontraram, verificaram a placa e souberam da situação e nos informaram”.

https://lh5.googleusercontent.com/-YM4jyG7PkkI/T3hihan_jfI/AAAAAAAAG-M/EHBKXwp-OXU/s127/Fonte%2520noticias4.JPG

Bookmark and Share