Pedreiro que assassinou esposa ainda não foi encontrado.

Assassino Paulino Zeferino da SilvaUm ano e um mês depois do assassinato de Patrícia Costa Moreira, 38 anos, de Santa Fé, o autor do crime e então companheiro da vítima, o pedreiro Paulino Zeferino da Silva, de 61 anos, ainda não foi encontrado.

Na época, ele matou a esposa com nove golpes de canivete, na casa onde moravam, situada na Rua Perimetral Oeste, no Córrego da Mula, no início da manhã.

Paulino Zeferino está foragido desde o dia do crime; porém, na ocasião, familiares ainda informaram que, segundo as imagens da câmera de segurança de uma loja situada na rua 14, em Santa Fé, Paulino esteve no local no dia do assassinato às 10:17 horas, onde comprou pilhas.

A família informou ainda à polícia que ele tem filhos em Votuporanga, assim como parentes em Urânia e São José do Rio Preto.

O pedreiro teve a prisão decretada e fotos e informações do mesmo foram enviadas para unidades policiais de todo o país, porém até o momento ele não foi localizado.

Em contato com o delegado responsável pelo caso, Gervásio Fávaro, ele relatou que Paulino Zeferino está na lista de procurados e que por enquanto não há informações sobre seu paradeiro.

“Qualquer informação que possa ajudar as investigações podem ser dadas anonimamente pelos telefones 197 ou 3631-1053, ou ainda no Disque Denúncia do Estado, 181”, informou Gervásio Fávaro.

 

Bookmark and Share