Pai recupera veiculo roubado após sequestro do filho e amigo.

Francisco Veras o popular “Chicão”, conseguiu recuperar o veiculo COROLLA/PRETO, placas EDJ-0099/Santa Fé do Sul (SP) de sua propriedade, que foi roubado por bandidos após sequestrarem seu filho e um amigo no dia 28/08 no pátio da faculdade.

O bando que sequestrou os jovens Armando Augusto Panula e Matheus Rodrigues Veras (foto), foi preso dois dias após o sequestro e roubo, na oportunidade confessaram que havia trocado o veiculo no Paraguai por um quilo de crack.

Segundo Chicão, através do dono de uma transportadora de quem é amigo na cidade de Pedro Juan Caballero no Paraguai, começaram a fazer algumas investigações em busca de localizarem o veículo.

“Após 45 dias de trabalho feito junto aos taxistas e do departamento de trânsito, esse empresário levou o problema até o prefeito daquela cidade, a partir teve inicio um monitoramento pela cidade de Pedro Juan, em certo momento recebi uma ligação que o veiculo estava circulando pela cidade com um policial, inclusive com a mesma placa de Santa Fé do Sul” disse Francisco Veras.

Chicão então quis saber o que poderia ser feito, ficou sabendo que nessas situações o carro é readquirido ou negociado novamente com os marginais, situação recusada pela vítima.

Então a solução seria mandar prender o veiculo, condição aceita por Chicão. Duas horas após seu consentimento o veiculo já estava recolhido no pátio do departamento de trânsito de Pedro Juan Caballero.

Três dias depois a vítima estava no Paraguai, na ocasião foi recebido pelo prefeito que disse a Chicão que ele estaria conseguindo o que poucos conseguiram até hoje, reaver o veículo.

O prefeito teria deixado claro que o feito só foi conseguido por sua influencia e do amigo Ramires, este presidente do sindicato dos taxistas daquele local, pessoa de bastante influência.

O carro foi apreendido pelo prefeito acompanhado por três funcionários do departamento de transito. Eles foram busca-lo na casa do referido policial.

Quando da entrega do veículo, o prefeito declarou a Chicão que duas situações contribuíram para que ele conseguisse reaver, uma foi à resposta rápida da polícia efetuando a prisão dos envolvidos, a outra a influencia do empresário Ramires junto aos órgãos competentes, ele que é presidente do sindicato dos taxistas daquele local.

Bookmark and Share