Mutuários do Jardim Villa Lobos recebem chaves de imóveis.

O que era sonho já virou realidade para alguns dos mutuários que adquiriram residências no Jardim Villa Lobos, em Santa Fé, as quais foram construídas pelo Grupo Scamatti. Segundo o advogado da empresa, Eberton Guimarães, na sexta-feira da semana passada, dia 22, aproximadamente 80 pessoas receberam as chaves de suas respectivas casas. “A Caixa analisou a documentação e deu autorização para que a empresa entregasse as chaves aos donos”, disse ele.

De acordo com o advogado, 133 unidades já foram liberadas para a entrega e, assim, consequentemente para que os proprietários possam morar no local, e até o momento cerca de 80 pessoas já retiraram as chaves, restando ainda em torno de 50. Contou também que as pessoas que ainda não pegaram as chaves devem entrar em contato com o escritório do Grupo para agendar a retirada para a quinta e sexta-feira da semana que vem. “Restam ainda algumas casas de pessoas que estão terminando de providenciar ou que estão aguardando a liberação do financiamento; porém. tudo está dentro da normalidade”.

Explicou ainda que as residências puderam ser financiadas por qualquer banco, ficando a escolha a critério do proprietário. No total são 199 casas, sendo que, dessas, 66 unidades serão entregues após a liberação e confirmação do financiamento. “Cada pessoa recebe um manual do usuário assim que pega as chaves e nele pode se informar sobre a estrutura, locais onde estão localizados os encanamentos e outros itens, para que, assim, possam, caso queiram, ampliar com segurança a residência”, disse ele.

Segundo Eberton, a empresa construiu algumas casas extras para atender clientes posteriores e mais informações podem ser obtidas no escritório situado logo na entrada do residencial. As obras do Villa Lobos, assim como outras do Grupo Scamatti, atrasaram devido aos problemas que a empresa vêm enfrentando, principalmente porque a Justiça decretou vários bloqueios financeiros, o que dificultou a compra de materiais.

A empresa atualmente vem sendo administrada por um interventor. No residencial de Santa Fé ainda estão sendo colocadas a sinalização, como o emplacamento das ruas; porém, já estão disponíveis energia e água, estando, dessa forma, as casas prontas para residir.

As ruas do bairro foram denominadas com nomes de capitais brasileiras, como Maceió, Salvador, Macapá, Florianópolis, Goiânia, Belém, Teresina, Rio de Janeiro, João Pessoa, Pernambuco, entre outras. A empresa informou que por seis meses manterá uma equipe no local para fazer possíveis reparos.

Bookmark and Share