Em concorrência a construção de passarela que interligará distritos I e II.

http://www.ojornaldesantafedosul.com.br/arquivos/materias/mat22.jpgEm maio do ano passado a reportagem de O Jornal divulgou que muitos trabalhadores se arriscam diariamente quando atravessam de forma irregular a Rodovia Euclides da Cunha.

O fato acontece em vários trechos da rodovia que separa os distritos industriais I e II.   Muitas pessoas, principalmente quem trabalha no Distrito Industrial II, ao invés de dar a volta pela Avenida Navarro de Andrade e subir pela Avenida Grandes Lagos, para então chegar ao distrito II, optam por seguir pela Rua José Domingues da Fonseca, no Distrito Industrial I, e, de lá, passam por um trecho de terra até chegar a rodovia local, onde transitam, perigosamente, a pé, com motos ou de bicicleta.

Mesmo as valas existentes no local entre os dois lados da rodovia, valas estas que possuem certa profundidade, não impedem que as pessoas transitem por ali. A solução para eles foi utilizar tábuas que servem como ‘pontes’ improvisadas e que facilitam o trajeto.

A maioria das pessoas, quando abordadas sobre a irregularidade, relata que os melhores caminhos para os seus locais de trabalho são pelos bairros, Jardim Ana Lúcia e Bela Vista e, mesmo quem vem de outros bairros opta por seguir sentido Distrito Industrial I, atravessar a rodovia e, então, chegar ao trabalho no Distrito II.

A reportagem ainda enfatizou que seria de grande valia se fossem construídas passarelas em alguns trechos, o que facilitaria, e muito, o dia a dia de todos. 

Na ocasião, O Jornal entrou em contato com a Assessoria de Comunicação do DER - Departamento de Estradas e Rodagem -, que informou que não foi prevista a passarela no Distrito II da SP-320 (Rodovia Euclides da Cunha), e os pedestres devem acessar pelo retorno existente, na Avenida Navarro/Avenida Grandes Lagos. 

Governador

Porém, em junho, o governador de São Paulo esteve em Santa Fé, onde inaugurou a primeira etapa do trecho de duplicação da Rodovia Euclides da Cunha e, na ocasião, anunciou outras ações para Santa Fé, como a construção de uma passarela para facilitar o acesso dos trabalhadores ao Distrito Industrial II.

Construção da Passarela

Na última semana foi aberta pela Secretaria de Logística e Transportes a licitação para a construção da passarela de acesso que interligará dos distritos industriais I e II, de Santa Fé. 

O secretário dos Transportes, já havia autorizado a construção da passarela durante audiência realizada com o deputado estadual e ex-prefeito de Santa Fé, pedido que contou também com o empenho e apoio de outro ex-prefeito. O governador, que esteve com o secretário de Logística e Transportes em Santa Fé, também já havia anunciado a obra para o município.

 A única passagem existente para que os trabalhadores cruzem as pistas é pelo trevo principal da cidade, que pertence a um trajeto totalmente contrário ao destino de chegada da maioria dos trabalhadores que cruzam a rodovia.

https://lh5.googleusercontent.com/-YM4jyG7PkkI/T3hihan_jfI/AAAAAAAAG-M/EHBKXwp-OXU/s127/Fonte%2520noticias4.JPG

Bookmark and Share