Contometro para a entrega das obras de duplicação da Euclides da Cunha atinge 100 dias.

http://www.regiaonoroeste.com/fotos/40571.gifO Governador Geraldo Alckmin, esteve na região em março de 2011 para dar início às obras de duplicação da Euclides da Cunha.

O RN acompanhou e acompanha todo o processo desde as desapropriações até os acidentes que vem acompanhado das obras.

O governador Geraldo ALckmin afirmou que a duplicação da Euclides da Cunha deverá entregue em novembro de 2012.

O CONTOMETRO do RN ainda faz a contagem regressiva que nessa semana chegou aos 100 dias da entrega das obras e cujo contrato expira dia 30 de novembro.

O Governador assinou, em 10 de março do ano passado, decreto de desapropriação de áreas nas margens da Rodovia Euclides da Cunha, necessárias para a duplicação da SP-320 que será feita entre os municípios de Mirassol e Rubinéia.

De acordo com o governador, a duplicação da rodovia passará por 17 cidades que serão beneficiados como os municípios de: Bálsamo, Mirassol, Tanabi, Cosmorama, Votuporanga, Fernandópolis, Meridiano, Valentim Gentil, Estrela D´Oeste, Jales, Urânia, Aspásia, Santa Salete, Santana da Ponte Pensa, Rubinéia, Santa Fé do Sul e Três Fronteiras.

Com isso, trará benefícios importantes para a população da região como desenvolvimento socioeconômico, geração de empregos e maior distribuição de renda, além das melhorias no tráfego, segurança e conforto aos motoristas que viajam diariamente nesse trecho.

Os motoristas que transitam pela rodovia Euclides da Cunha – SP 320, já contam com um trecho finalizado da obra de duplicação nas proximidades de Votuporanga e em outras cidades do trecho, porém o governo ainda enfrenta problemas com a desapropriação como uma unidade da empresa Elektro em Fernandópolis e um terreno empresarial em Tanabi, onde as obras cruzam.

Outro problema encontrado são as multas e acidentes durante as obras.

O número de multas por excesso de velocidade na rodovia Euclides da Cunha (SP-320) aumentou mais de dez vezes em apenas um ano. Em 2010, foram 18.335 autuações, contra apenas 1.701 do ano anterior. Em 2011, essas multas tiveram um crescimento de 71% em relação a 2010 – ou seja, ultrapassaram a casa de 30 mil autuações. Já os acidentes são contabilizados pelo menos uma vez por semana em diferentes trechos.

https://lh4.googleusercontent.com/-pwteEidrJpM/T3TmNEefkvI/AAAAAAAAG5w/U5omLgmAQv4/s185/fonte%2520de%2520noticias2.png

Bookmark and Share