Assassinato ocorre em Santa Fé.

rrrO crime praticado com requintes de crueldade que comoveu a população de Santa Fé do Sul na manhã de ontem (17), quando o acusado Paulino Zeferino da Silva matou a esposa Patrícia Correia Moreira, 38, com várias facadas que atingiram boca, face, seio, pescoço, abdômen e tórax, foi premeditado segundo Tainara, a filha da vítima.

A adolescente conta que o canivete utilizado matar sua mãe era do acusado, segundo ela o padrasto vivia afiando o canivete constantemente e avisando sua mãe que se ela o abandonasse cortaria o pescoço da esposa com ele.

A filha conta que sua mãe era constantemente agredida fisicamente pelo padrasto, que em determinada ocasião já havia tentado mata-la, que só não conseguiu por que Patrícia fugiu pulando a janela. Disse ainda que a mãe tinha muito medo do que pudesse acontecer, que ela até havia escrito uma carta aos irmãos falando do assunto.

“Ele ameaça matar meus avós, eu e meu irmão se minha mãe o abandonasse, ela vivia aterrorizada. Ele me disse ontem cedo que me entendia e me perdoava por eu ter denunciado o Paulino pelas ameaças e agressões, então perguntei por que estavam brigando na noite anterior e ela me informou que era devido à notificação para ele para sair da casa, saí e fui trabalhar” disse a filha.

Segundo Tainara o padrasto ligou para sua tia Geni e disse que tinha matado a irmã dela, que estava fugindo com o carro e mais três mil reais que roubou da vítima, dizendo ainda que estar indo para o Paraguai.

O veiculo utilizado pelo acusado para fuga é um VW GOL da cor chumbo, modelo 2001, placas DFU 4140, de Santa Fé do Sul, quem tiver notícias do paradeiro deste veículo entrar em contato com a policia.

https://lh5.googleusercontent.com/-_wET9JUs4_U/T3MWQOAFVPI/AAAAAAAAG2I/66SbgD4T6m8/s144/fonte%2520de%2520noticias1.jpg

Bookmark and Share