320 kg de carne clandestina são apreendidos em açougue de Santa Fé.

A Vigilância Sanitária de Santa Fé do Sul apreendeu 320 kg de carne bovina clandestina, na tarde de sexta-feira, dia 20.

Conforme consta, a Vigilância Sanitária recebeu uma denúncia de que a carne estava sendo descarregada em um açougue da cidade, que não teve o nome divulgado, e, de imediato, enviou fiscais para averiguar.

Segundo Silvana Aparecida Moro, chefe da Vigilância Sanitária, como a carne não possuía comprovante de procedência, deduz-se que é proveniente de abatedouro clandestino.

A carne foi apreendida naquele mesmo dia, levada para o aterro sanitário da cidade, onde foi misturada com creolina, enterrada, e, logo em seguida, feita uma compostagem em cima do local, que é um conjunto de técnicas aplicadas para controlar a decomposição de materiais orgânico.

Silvana explicou que há muitos riscos quando carnes sem procedência comprovada são consumidas, visto que, nesses casos, o abatedouro é clandestino, ou seja, o animal não foi avaliado por inspeção sanitária e é abatido em ambiente inadequado e sem higienização.

https://lh5.googleusercontent.com/-YM4jyG7PkkI/T3hihan_jfI/AAAAAAAAG-M/EHBKXwp-OXU/s127/Fonte%2520noticias4.JPG

Após verificação de denuncia de abate clandestino de animais, na última sexta-feira (20) a Vigilância Sanitária de Santa Fé do Sul, confiscou 320 quilos de carne de gado em um açougue da cidade.

Constatada a veracidade da denuncia, os fiscais sanitários confiscaram a carne encontrada sem procedência, ou seja, sem origem com nota fiscal. Os agentes baixaram as portas do estabelecimento, realizaram a pesagem da carne abatida em local inadequado, e a seguir foi lavrado auto de infração e termo de advertência para o comerciante.

A carne apreendida foi levada até o aterro sanitário municipal, inutilizada através do uso de creolina e enterrada. Em caso de reincidência do comerciante, o estabelecimento poderá ser fechado pela Vigilância Sanitária por desobediência as normas vigentes.

Esta prática de abate clandestino é comum no município, porem quando flagrada os prejuízos são consideráveis aos infratores. A solução para esta situação poderia ser a implantação de abatedouro municipal.

 https://lh4.googleusercontent.com/-pwteEidrJpM/T3TmNEefkvI/AAAAAAAAG5w/U5omLgmAQv4/s185/fonte%2520de%2520noticias2.png

Infelizmente os meios de comunicação fonte dessa notícia não divulgaram o nome do estabelecimento.

Bookmark and Share